Make your own free website on Tripod.com

  Sorry, your browser doesn't support Java(tm).

Tipos de Objetivas

    A única câmara que não utiliza uma lente ou objetiva é a Pin-hole.  Que é a mais simples e rudimentar que podemos encontrar.  Nesta a objetiva é substituída por um minúsculo furo de agulha, que pode proporcionar uma imagem com uma nitidez apenas regular, e como a entrada de luz é muito limitada, necessita de longos tempos de exposição, limitando assim as nossas fotos a apenas aquelas em que os elementos fotografados não estão em movimento.  Por isto as lentes objetivas são um elemento muito importante na câmara, pois aumentam a nitidez e permitem o uso de grande aberturas do diafragma.  Nas objetivas simples encontramos apenas um elemento ótico (lente), e nas objetivas de melhor qualidade são encontrados muitos elementos óticos.  O que torna as mesmas produtoras de imagens muito mais perfeitas do que as lentes simples.  As objetivas de muitos elementos são também muito mais pesadas e caras, tendo às vezes valor superior ao do corpo da câmara.

Objetiva Normal -  Para uma câmara de 35mm, consideramos como lente normal aquela em que a sua distância focal é equivalente a diagonal de um negativo de um filme usado nesta câmara.  Ou seja uma objetiva de 50mm.  Para as câmaras em geral consideraremos o mesmo cálculo aproximado ou uma lente que tenha a capacidade de capturar imagens num ângulo de 50 graus ou equivalente ao de um olho humano.  É interessante observar que a lente mais utilizada pela maioria dos fotógrafos amadores ou mesmo profissionais é a normal, excetuando-se é claro aqueles que se especializam em áreas específicas da fotografia que utilizam lentes próprias para a sua modalidade.

Objetiva Grande Angular - Estas objetivas tem como característica principal uma capacidade de abarcar uma área de visão bem maior que as objetivas normais.  A sua distância focal para uma câmara de 35mm é equivalentemente maior cerca de 2/3 da diagonal do negativo do filme usado na mesma.  E é mais apropriada para fotos de paisagem ou em ocasiões em que se tem pouca distância para fotografar em recintos pequenos como salas em que precisamos enquadrar o máximo de área possível. Uma outra característica desta lente é proporcionar grandes profundidades de campo, desde pequenas distâncias até o infinito. 

Teleobjetiva - Estas objetivas de grandes distâncias focais são apropriadas para fotografar a longa distância.  Para uma câmara de 35mm uma lente de 135mm é uma boa escolha para se fazerem retratos de close.  Uma vez que o fotógrafo poderá ficar a uma maior distância e ainda devido a pequena profundidade de campo destas lentes poderá facilmente desfocar os planos a frente e atrás do objeto fotografado, principalmente se estiver utilizando grandes aberturas do diafragma.

Objetiva Olho de peixe - Lente especial com características de uma grande angular mais poderosa, capaz de abarcar um ângulo de até 180 graus.  Mas não sem provocar grandes distorções na imagem. 

Objetiva Macro - Pode ter distância focal normal ou de uma meia tele-objetiva (100mm).  Mas é capaz de focalizar objetos a pequenas distâncias, e assim proporciona ao fotógrafo a possibilidade de fotografar detalhes minúsculos de objetos, pequenos insetos, plantas ou micro organismos.

Objetiva Zoom - É aquela lente que pode variar a sua distância focal e assim pode funcionar por exemplo como se fosse uma lente normal, grande angular ou teleobjetiva.  Sua utilização é vantajosa pois temos três lentes em uma, mas é mais pesada e mais cara do que uma lente comum de distância focal fixa.

Filtros

Na fotografia em preto e branco as vezes os contrastes não se apresentam de acordo com as cores naturais.  Para compensar estas distorções podemos fazer uso de filtros coloridos para correção dos contrastes.   Mas também podemos usar os filtros para conseguir-mos efeitos os mais diferentes.

Vejamos alguns filtros coloridos e os principais resultados da sua utilização:

Amarelo: quando a cena inclui o céu, este será  escurecido e assim haverá o destaque das nuvens.

Verde: também escurece o céu, e deixa os tons da vegetação claros.

Vermelho: aumenta os contrastes, escurece o céu em maior proporção do que o filtro amarelo e se for vermelho escuro o tom do céu se tornará quase negro dando um aspecto dramático ao mesmo.

Azul: muito usado para aumentar a névoa da paisagem.

Polarizador: Usado principalmente para eliminar ou diminuir os reflexos em vidros, metais ou água.

Densidade neutra: utilizado quando necessitamos reduzir a quantidade de luz da foto, no caso de estarmos utilizando filmes de alta sensibilidade (400ASA ou mais) em condições de sol intenso.

Ultravioleta: apresenta ótimos resultados quando se deseja eliminar a névoa em fotos de natureza, melhorando assim a nitidez da imagem.  

 

 Índice    História e técnicas   Tipos de câmaras    Dispositivos internos    Objetivas e filtros

Filmes e processamento    Tabelas de revelação    Papeis e processamento

 Conservação e Preservação Fotográfica    Fotografia Digital e Bibliografia 

< Volta p/ tela inicial